Skip to main content

Congresso, em São Paulo, debaterá o status das pesquisas brasileiras na área de saúde

Release   •   Set 17, 2014 13:42 GMT

A evolução das pesquisas brasileiras na área da saúde é considerada um dos principais entraves para o avanço da medicina. Atualmente, com o aumento de descobertas de doenças ou diferentes gravidades nas patologias, as formas de tratamentos mais eficazes são além do esperado. Segundo dados divulgados pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, via Agência Brasil, a demora na aprovação da pesquisa no Brasil contribuiu para que o país deixasse de ajudar no desenvolvimento de mais de 100 medicamentos, na fase em que o produto é testado em voluntários. No Brasil, o tempo médio de aprovação é de 12 meses, comparados a dois ou três meses em país desenvolvidos.  

No 1º Congresso ‘Todos Juntos Contra o Câncer’, especialistas Antônio Carlos Buzaid, Fernando Maluf, Marcelo Cruz e Philip Scheinberg, do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moras, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, em parceria com a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, Abrale, pretendem abordar a situação das políticas públicas de saúde e as melhores formas de tratamento aos pacientes com câncer. Entre os principais painéis, ‘Novos paradigmas no tratamento de câncer’, Dr Buzaid fará uma revisão geral sobre o que é câncer e as armas terapêuticas atualmente disponíveis para seu tratamento. Dr Phillip, em seguida, terá uma breve apresentação dos maiores problemas relacionados à morosidade do processo regulatório de pesquisa clínica no Brasil. Depois, os quatro especialistas, em conjunto com três pacientes portadores de câncer, discutirão como a burocracia do país atravanca o avanço da medicina para o trato de pacientes oncológicos.



Serviço:

Congresso Todos Juntos Contra o Câncer.

Data: 24 e 25 de Setembro

Local: SheratonWTC Hotel – São Paulo – SP

Endereço: Avenida Nações Unidas, 12551

Informações e inscrições: www.todosjuntoscontraocancer.com.br


Sobre Beneficência Portuguesa de São Paulo

Fundada em 1859, a Beneficência Portuguesa de São Paulo é a maior instituição hospitalar privada da América Latina, contando com aproximadamente 7.500 colaboradores e 2.200 médicos, e com uma gestão baseada na qualidade assistencial, humanização, ensino e pesquisa, além de um corpo clínico formado por renomados especialistas. A instituição é referência no atendimento médico hospitalar em mais de 60 especialidades, como cardiologia, oncologia, neurologia, gastroenterologia, ortopedia, urologia, entre outras. Atualmente, a Beneficência Portuguesa conta com três hospitais que somam mais de 2.000 mil leitos de internação. O Hospital São Joaquim, primeiro pilar da Instituição, realiza atendimento ao Pronto Socorro, UTIs, Internações e Cirurgias. Em 2007, foi inaugurado o Hospital São José, que se destaca pelo atendimento oncológico com padrões internacionais, entre outras especialidades. Em 2012, o Hospital Santo Antônio foi criado com o objetivo de oferecer atendimento a pacientes usuários do Sistema Único de Saúde, reforçando a responsabilidade social e carácter beneficente da Associação. Já em 2013, a Instituição criou o Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes para ser um dos maiores e mais completos núcleos de tratamento de câncer no país.


Comentários (0)

Adicionar comentário

Comentário