Skip to main content

Pressão arterial no inverno: tenha cuidado redobrado

Notícia   •   Ago 25, 2015 17:01 GMT

Estima-se que 25% da população sofra de hipertensão arterial, conhecida também como pressão alta. Ela é o gatilho certo para uma série de males – e não só aqueles que envolvem o sistema circulatório. A doença é crônica (não tem cura, mas pode ser controlada) e, por isso, é importante fazer exames regulares para detectar como andam seus batimentos cardíacos. Mas atenção: ter pressão alta não é sinônimo de ser hipertenso.

Para ser considerado hipertenso, o paciente tem de permanecer com a pressão mais alta do que o normal. Isso porque, momentaneamente, qualquer pessoa está sujeita a uma variação na frequência cardíaca. Um esforço físico mais intenso ou momentos de estresse, por exemplo, alteram esses números.

No verão, os vasos estão mais relaxados e a tendência da pressão arterial é ser mais baixa, porém no inverno, os vasos ficam mais contraídos e a pressão tende a subir. Nessa estação, abusamos de chocolates, fondues, sopas, feijoadas, massas, bolos, vinhos... A lista de tentações é imensa. Além disso, a queda das temperaturas aumenta a indisposição de praticar atividades físicas. Mas esse aumento na vontade de comer não acontece sem motivo: o fato de sentirmos vontade de ingerir alimentos mais fortes e gordurosos é uma necessidade do corpo para permanecer aquecido. Com o frio, os vasos sanguíneos se contraem devido à secreção de adrenalina.

Os sintomas que se manifestam em quase todas as doenças do coração ou que podem indicar algum tipo de comprometimento cardíaco, são:

  • Falta de ar, seja no repouso ou no esforço;
  • Dor no peito, em virtude de má circulação sanguínea no local;
  • Cansaço;
  • Desmaio, após atividade física intensa;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço nos tornozelos.

“O melhor de todos os remédios é a prevenção, com atividade física e alimentação rica em nutrientes”, explica Dr. Américo Tângari, cardiologista do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo. “Também é importante manter a visita ao médico em dia, realizar exames frequentemente, monitorar os medicamentos de que faz uso e evitar o tabagismo”, completa.

Fique atento! Os cuidados com a pressão alta no inverno devem ser redobrados.

Sobre Beneficência Portuguesa de São Paulo

Fundada em 1859, a Beneficência Portuguesa de São Paulo (www.beneficencia.org.br) é a maior instituição hospitalar privada da América Latina, contando com aproximadamente 7.500 colaboradores e 3.000 médicos, e com uma gestão baseada na qualidade assistencial, humanização, ensino e pesquisa, além de um corpo clínico formado por renomados especialistas. A instituição é referência no atendimento médico hospitalar em mais de 50 especialidades, como cardiologia, oncologia, neurologia, gastroenterologia, ortopedia, urologia, entre outras. Atualmente, a Beneficência Portuguesa conta com três hospitais que somam mais de 1.200 mil leitos de internação. O Hospital São Joaquim, primeiro pilar da Instituição, realiza atendimento ao Pronto Socorro, UTIs, Internações e Cirurgias. Em 2007, foi inaugurado o Hospital São José, que se destaca pelo atendimento oncológico com padrões internacionais, entre outras especialidades. Em 2012, o Hospital Santo Antônio foi criado com o objetivo de oferecer atendimento a pacientes usuários do Sistema Único de Saúde, reforçando a responsabilidade social e carácter beneficente da Associação. Já em 2013, a Instituição criou o Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes para ser um dos maiores e mais completos núcleos de tratamento de câncer no país.

Comentários (0)

Adicionar comentário

Comentário