Skip to main content

Adriano Neves, de Portugal, pré-selecionado para o maior concurso de fotografia do mundo - Sony World Photography Awards de 2016

Comunicado de imprensa   •   Fev 23, 2016 18:06 WET

  • Número recorde de candidaturas – 230 103 imagens, aumento de 33% em relação a 2015
  • Candidaturas de 186 países – o maior número na história do concurso
  • Exposição das imagens na Somerset House, Londres, de 22 de abril a 8 de maio
  • Vencedores gerais anunciados a 21 de abril
  • Imagens disponíveis para publicação em press.worldphoto.org

A edição de 2016 dos Sony World Photography Awards, o maior concurso de fotografia do mundo, organizado pela World Photography Organisation, anuncia a lista de pré-selecionados dos concursos Profissional, Aberto e Juventude.

A lista de pré-selecionados deste ano é definida pela sua pura internacionalidade, com mais de 270 fotógrafos em representação de quase 60 países, o maior número nos nove anos de história do concurso. É também significativo o crescimento substancial no Concurso Profissional, com um aumento de 45% das candidaturas em relação a 2015.

Foi submetido um número recorde de 230 103 imagens de 186 países dos concursos Profissional, Aberto e Juventude. O número total de candidaturas recebidas pelos Sony World Photography Awards desde o seu início ultrapassou agora 1 milhão de imagens, reforçando a posição do concurso como um dos concursos de fotografia mais respeitados e influentes do mundo.

Responsáveis por distinguir a melhor fotografia contemporânea de 2015, o Júri Honorário presidido por Dominique Green (consultora, Reino Unido) e Sue Steward (escritora/conservadora, Reino Unido) identificou trabalhos excecionais, tanto por talentos emergentes como por fotógrafos experientes de todos os cantos do mundo.

Para os jurados, destacaram-se em toda a lista de pré-selecionados a originalidade e um forte sentido de empatia. De entre as milhares de candidaturas, surgiram também aos jurados temas subtis - o tratamento delicado de momentos íntimos e privados pelos fotógrafos; a captura das grandes histórias públicas que dominam a atualidade, desde o conflito na Ucrânia às filas intermináveis de refugiados em busca de uma vida melhor na Europa; e o uso de novas tecnologias para a criação de obras, incluindo fotografias com drones e fotografia subaquática.

Estão incluídos na lista de pré-selecionados de 2016 candidatos já conhecidos do concurso: Christian Aslund (Suécia, vencedor 2013); Ed Kashi (Estados Unidos, pré-seleção, 2013); David Chancellor (Reino Unido, pré-seleção em 2011 e 2.º lugar em 2012); Espen Rasmussen (Noruega, pré-seleção em 2010 e 2011); Jonathan Carvajal (Colômbia, pré-seleção, 2015); Julia Fullerton-Batten (Reino Unido, pré-seleção em 2015); Ruben Salgado Escudero (Espanha, vencedor em 2015) e Fan Li (China, vencedor em 2015).

E em Portugal o fotógrafo português Adriano Neves é parte da lista de pré-selecionados para a categoria Viagens do concurso Aberto. Adriano Neves é um engenheiro civil nascido perto de Tomar (1981) e a residir atualmente em Lisboa. Como fotógrafo autodidata, criou a sua própria visão da fotografia de paisagens, viagens e arquitetura, o que o leva a viajar pelo mundo e a colaborar com importantes editoras e associações, como a National Geographic.

A imagem pré-selecionada de Adriano Neves, Eden's Garden, mostra a paradisíaca cordilheira "Cuernos del Paine" refletida nas águas glaciais do lago Nordenskjöld, no coração do parque nacional Torres del Paine, na região de Magallanes, no sul do Chile.

Todos os fotógrafos pré-selecionados nas três competições do concurso encontram-se na lista abaixo.

Scott Gray, CEO da World Photography Organisation e organizador do concurso afirma: “Estamos extremamente satisfeitos com as escolhas deste ano dos nossos jurados. Apesar do aumento do número de fotógrafos e da quantidade de imagens a concurso, este ano testemunhámos uma abundância de imagens poderosas nas categorias de documentário social, tradicionalmente forte, bem como nos trabalhos de arte e conceptuais. É maravilhoso que este suporte possa oferecer uma diversidade tão rica."

Os fotógrafos nas categorias Profissional competem agora por um prémio de 25 000 dólares e o título L’Iris d’Or/Fotógrafo do Ano. O vencedor do título L’Iris d’Or/Fotógrafo do Ano, em conjunto com os vencedores das categorias Profissional, Juventude e Estudantes e o Fotógrafo do Ano do Concurso Aberto, que recebe um prémio de 5 000 dólares, será anunciado na Cerimónia de Gala dos Sony World Photography Awards, em Londres, no dia 21 de abril. Todos os vencedores receberão o mais recente equipamento de imagem digital da Sony.

As imagens vencedoras e pré-selecionadas serão exibidas na Somerset House, em Londres, de 22 de abril a 8 de maio, e publicadas na edição de 2016 do livro dos Sony World Photography Awards. Para reservar o seu bilhete para a exposição visite: worldphoto.org/2016exhibition

A exposição incluirá, também, a primeira grande exposição europeia da dupla de artistas efotógrafos de belas artes, RongRong & inri, contemplados com o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia. RongRong (China) & inri (Japão) definiram a fotografia contemporânea na Ásia e são reconhecidos pelas suas respetivas carreiras como artistas e pelo impacto significativo que tiveram na fotografia asiática. A exposição incluirá as suas mais recentes obras da série aclamada pela crítica Tsumari Story.



NOTAS PARA OS EDITORES


  • No total, foram apresentadas 230 103 imagens aos Sony World Photography Awards 2016:

127 098 candidaturas na categoria Profissional; 95 541 imagens apresentadas ao Concurso Aberto e 7 464 na categoria Juventude

  • Foram apresentadas 173 444 imagens ao concurso de 2015
  • Número total de candidaturas desde a primeira edição: 1 097 012


Próximas divulgações dos Sony World Photography Awards

  • 1 de março – Anúncio da lista de pré-selecionados do Concurso Student Focus
  • 15 de março – Anúncio dos vencedores do Prémio Nacional (melhor fotografia individual tirada por um fotógrafo do país em questão, 60 países participantes)
  • 29 de março – Anúncio dos vencedores dos Concursos Aberto e de Juventude
  • 21 de abril – Anúncio dos vencedores do título Fotógrafo do Ano dos Concursos Profissional/Aberto/Estudante/Juventude e dos vencedores do Concurso Profissional
  • 22 de abril a 8 de maio – Exposição na Somerset House, Londres

Jurados de 2016O concurso Profissional dos Sony World Photography Awards é avaliado todos os anos pelo Júri Honorário.

Os concursos Aberto, Juventude, Nacional e Student Focus são avaliados por júris distintos constituídos por profissionais da indústria.


Concurso Profissional

Júri de Arte (Categorias Arquitetura, Instantâneo, Conceptual, Paisagem, Retrato, Encenado e Natureza Morta)

  • Sue Steward (Presidente), escritora e conservadora de fotografia, Reino Unido
  • Karen Knorr, fotógrafa e professora da University for the Creative Arts, EUA/Reino Unido
  • Jean Jacques Naudet, diretor editorial da L’Oeil de la Photographie, França
  • Mariko Takeuchi, crítico de fotografia, conservador e professor assistente de fotografia da Kyoto University of Art and Design, Japão

Júri de Documentário (Categorias Campanha, Atualidade, Questões Contemporâneas, Quotidiano, Ambiente, Pessoas e Desporto)

  • Dominique Green (Presidente), consultora, Reino Unido
  • Emma Lynch, editora de imagem do website BBC Global News, Reino Unido
  • Julien Jourdes, Co-fundadora e COO da Blink.la, EUA
  • Fiona Rogers, diretora de desenvolvimento de negócios globais da Magnum Photos, Reino Unido

Concurso Aberto

  • Jael Marschner (Presidente), Ex-editor de imagem da Time Out e da Sunday Times Travel Magazine, Reino Unido

FOTÓGRAFOS PRÉ-SELECIONADOS

CATEGORIAS PROFISSIONAIS

Os fotógrafos foram convidados a submeter uma série de 3 a 10 imagens em qualquer uma das seguintes 14 categorias. Foi pedido aos jurados que selecionassem até 10 fotógrafos para a pré-seleção. Os fotógrafos encontram-se apresentados por ordem alfabética.

Arquitetura

  • Petr Antonov, Rússia
  • Jonathan Carvajal, Colômbia
  • Werner Elmer, Áustria
  • Amélie Labourdette, França
  • Paul Störm, Austrália
  • Jonathan Tan, Singapura
  • Hui Zhang, China
  • Stephan Zirwes, Alemanha

Instantâneo

  • Valerio Bispuri, Itália
  • Yvonne Brandwijk, Holanda
  • Giancarlo Ceraudo, Itália
  • Liu Chengliang, China
  • Fan Li, China
  • Nick Ng, Malásia
  • Alexandre Pruvost, França
  • Andrea Rossato, Itália
  • Kirstin Schmitt, Alemanha
  • Constantinos Xenoulis, Grécia

Conceptual

  • Alejandro Beltran, Venezuela
  • Simon Brann Thorpe, Reino Unido
  • Kate Davis, Reino Unido
  • Vladimir Frumin, Estados Unidos
  • Barbaros Kayan, Turquia
  • Julien Mauve, França
  • Poya Raissi, Irão
  • Lawrence Sumulong, Filipinas
  • Manuel Velasquez Tobar, Honduras

Paisagem

  • Maoyuan Cui, China
  • Peter Franck, Alemanha
  • Max Knight, Reino Unido
  • Maroesjka Lavigne, Bélgica
  • Aurélien Maréchal, França
  • Florian Mueller, Alemanha
  • James Reeve, Reino Unido
  • Stefan Schlumpf, Suíça
  • Prakash Singh, Índia

Retrato

  • Dmitri Beliakov, Rússia
  • Marcello Bonfanti, Itália
  • Ruben Salgado Escudero, Espanha
  • Fauzan Ijazah, Indonésia
  • Corinna Kern, Alemanha
  • Armand Tamboly, Egito
  • Patrick Willocq, França

Encenado

  • Pierre Adenis, França
  • Alberto Alicata, Itália
  • Juliette Blanchard, França
  • Kristoffer Eliassen, Noruega
  • Julia Fullerton-Batten, Reino Unido
  • Dina Goldstein, Canadá
  • Fotógrafo Hal, Japão
  • Kumi Oguro, Japão
  • Oana Stoian, Roménia
  • Cristina Vatielli, Itália

Natureza Morta

  • Francesco Amorosino, Itália
  • Ilva Beretta, Suécia
  • Kiliii Fish, Estados Unidos
  • Simone da Lima, Holanda
  • Daniele Robotti, Itália
  • Julien Roubinet, França
  • Oliver Schwarzwald, Alemanha
  • Hiroshi Watanabe, Japão
  • Bibiana Omar Zajtai, Espanha

Campanha

  • Antoine Repessé, França
  • Christian Aslund, Suécia
  • David Chancellor, Reino Unido
  • Hernan Churba, Argentina
  • Giles Clarke, Reino Unido
  • Rob Gregory, Estados Unidos
  • Jetmir Idrizi, Kosovo
  • Ed Kashi, Estados Unidos


Questões Contemporâneas

  • Laura Aggio Caldon, Itália
  • Yong An He, China
  • Kevin Frayer, Canadá
  • Simona Ghizzoni, Itália
  • Asghar Khamseh, Irão
  • Fan Li, China
  • Kiki Streitberger, Alemanha
  • Marielle Van Uitert, Holanda

Atualidade

  • Andrew Burton, Estados Unidos
  • Gabriele Micalizzi, Itália
  • Amnon Gutman, Roménia
  • Brendan Hoffman, Estados Unidos
  • Jason Koxvold, Reino Unido
  • Aleksandra Kulak, Rússia
  • Andrea e Magda Micelli, Itália
  • Alessandro Penso, Itália
  • Angelos Tzortzinis, Grécia

Quotidiano

  • Jean-Marc Caimi, Itália
  • Peter Dench, Reino Unido
  • Sandra Hoyn, Alemanha
  • Espen Rasmussen, Noruega
  • Tiplea Remus, Roménia
  • Stephanie Sinclair, Estados Unidos
  • Anton Unitsyn, Rússia

Ambiente

  • Kevin Frayer, Canadá
  • Li Feng, China
  • Lucy Nicholson, Reino Unido
  • Alexander Semenov, Rússia
  • Mohammed Yousef, Koweit
  • Zhe Zhu, China

Pessoas

  • Alessandro D'Angelo, Itália
  • Daniel Berehulak, Austrália
  • Denise Felkin, Reino Unido
  • Francesco Fratto, Itália
  • Kevin Frayer, Canadá
  • Liz Hingley, Reino Unido
  • Jordi Pizarro, Espanha
  • Filippo Venturi, Itália

Desporto

  • Antoine Bruy , França
  • Annick Donkers, Bélgica
  • Matthias Hangst, Alemanha
  • Michael Hanke, República Checa
  • Jens Juul, Dinamarca
  • Nikolai Linares Larsen, Dinamarca
  • Patrick Sinkel, Alemanha


CATEGORIAS DO CONCURSO ABERTO

É avaliada apenas uma fotografia e a categoria encontra-se aberta a fotógrafos de todos os níveis, tendo sido solicitado aos jurados que selecionassem 10 imagens por categoria.


Arquitetura

  • Laurian Ghinitoiu, Roménia
  • Radosław Goździelewski, Polónia
  • Attila Balogh, Hungria
  • Javad Rooein, Irão
  • Martin Seraphin, Alemanha
  • Max van Son, Holanda
  • Nils Olof Wendel, Suécia
  • Filip Wolak, Polónia
  • Zoltan Kasza, Hungria

Artes e Cultura

  • Kyaw Bo Bo Han, Myanmar
  • José Alberto Sotomayor Jiménez, Peru
  • Amir Hoosein Kamali, Irão
  • Swee Choo Oh, Malásia
  • Mohammad Ponir Hossain, Bangladesh
  • MD Tanveer Rohan, Bangladeche
  • Nader Saadallah, Egito
  • Minh Ngo Thanh, Vietname
  • Kamil Wojtyła, Polónia
  • Longxiang Xie, China

Melhorada

  • Nathalie Capitan, Suíça
  • Seandel Edwards, Trinidade e Tobago
  • Sang Kill Kim, Coreia do Sul
  • Luca Laghetti, Itália
  • Pedro Diaz Molins, Espanha
  • Aslan Nahich, Irão
  • Dan Novak, Alemanha
  • Christian Spreng, Suíça
  • Mickael Szymanski, França
  • Salvo Bombara, Itália

Baixa Luminosidade

  • Theng Sin Chong, Malásia
  • Yiorgos Doukanaris, Chipre
  • Vincent Frascello, Estados Unidos
  • Stefan Liebermann, Alemanha
  • Lijun Wang, China
  • Sai Aung Main, Myanmar
  • Egor Nikiforov, Rússia
  • Kei Nomiyama, Japão
  • Sanghamitra Sarkar, Índia
  • Tino Solomon, Reino Unido

Natureza e Vida Selvagem

  • Valter Bernardeschi, Itália
  • Nick Kontostavlakis, Grécia
  • Eric Madeja, Suíça
  • Christian Massari, Itália
  • Andrey Narchuk, Rússia
  • Imre Potyó, Hungria
  • Michaela Šmídová, República Checa
  • Simona Tedesco, Itália
  • Dennis Vandermeersch, Bélgica
  • Steiner Wang, República da China

Panorâmica

  • Maurizio Casula, Itália
  • Daniel Fleischhacker, Alemanha
  • Stefano Guerrini, Itália
  • Markus van Hauten, Alemanha
  • Dikky Oesin, Indonésia (pré-selecionado duas vezes)
  • Christian Ringer, Alemanha
  • Grant Ritchie, Reino Unido
  • Claude Roy, Canadá
  • Carlos F. Turienzo, Espanha

Pessoas

  • Karolis Janulis, Lituânia
  • Elie Kauffmann, França
  • Michele Liberti, Itália
  • Borodkina Mariia, Rússia
  • Alexandre Meneghini, Brasil
  • Daniel Arranz Molinero, Espanha
  • Lewis Outing, Reino Unido
  • Nikunj Rathod, Índia
  • Marius Vieth, Alemanha

Sorriso

  • Gultekin Alkurt, Turquia
  • Atif Amin, Afeganistão
  • Jaydip Bhattacharya, Índia
  • Alex Ingle, Reino Unido
  • Jack Lawson, Reino Unido
  • Kajan Madrasmail, Singapura
  • Hendra Permana, Indonésia
  • MD Tanveer Rohan, Bangladeche
  • Julien Taub, França
  • Peter Voss, Alemanha

Fração de Segundo

  • Khairel Anuar Che Ani, Malásia
  • Chaiyot Chanyam, Tailândia
  • Mark Fulinara, Estados Unidos
  • Dmitry Ivanov, Rússia
  • Philip Joyce, Reino Unido
  • Franck Tridon, França
  • Petra Van Borm, Bélgica
  • Cheung Yin Fang, Malásia

Viagem

  • Abhijit Banerjee, Índia
  • Tugo Cheng, Hong Kong
  • Simone Cmoon, Suíça
  • Ralph Gräf, Alemanha
  • Lesley Hall, Reino Unido
  • Nick Kontostavlakis, Grécia
  • Anasuya Mandal, Índia
  • Adriano Neves, Portugal
  • Andrej Tarfila, Eslovénia
  • Tan Jia Yi, Malásia

CONCURSO JUVENTUDE

Aberto a fotógrafos com idades até aos 19 anos, avaliado pela World Photography Organisation.


Cultura

  • Zhu Lin Ch'ng, Malásia
  • Sepehr Jamshidi Fard, Irão
  • Julia Golubov, Canadá
  • Anna Jolly, Reino Unido
  • Jason Liu, Canadá
  • Leena Meyers, Alemanha
  • Ramadhan Sinclair, Malásia
  • Zohaib Tariq, Paquistão
  • Agung Krisna Wibawa, Indonésia (pré-selecionado duas vezes nesta categoria)

Ambiente

  • Charlie Burr, Estados Unidos
  • Giorgio Granata, Itália
  • Jiaye Li, China
  • Lake Lewis, Estados Unidos
  • Kumail Rizvi, Paquistão
  • Anais Stupka, Itália
  • Michael Theodric, Indonésia
  • Ekaterina Yashchenko, Rússia
  • Hongbo Zhu, China

Retratos

  • Wai Lam Cheng, Hong Kong
  • Sam Delaware, Estados Unidos
  • Ahmed Gaber, Egito
  • Arno Goetz, Estados Unidos
  • Thomas Hanks, Reino Unido
  • Gina Ienopoli, Estados Unidos
  • Shahzad Khan, Paquistão
  • Ivana Pejak, Sérvia
  • Talia Rudofsky, Reino Unido
  • Aaliyah Snider, Estados Unidos

As imagens pré-selecionadas estão disponíveis para transferência em press.worldphoto.org

Em caso de utilização nas redes sociais, #SWPA e tag @WorldPhotoOrg


Para entrevistas e mais informações, contacte:

Jill Cotton, Gestora de Imprensa/ Kristine Bjørge, Gestora de RPpress@worldphoto.org / +44 (0) 20 7886 3043


Sobre a World Photography Organisation (WPO)
A World Photography Organisation é uma instituição onde a fotografia é celebrada e a arte do fotógrafo reconhecida. Ao trabalhar da mesma forma, seja com profissionais, entusiastas e alunos de fotografia, a World Photography Organisation oferece uma rede global que abarca toda a indústria fotográfica e que pretende não só aumentar o nível de diálogo em torno deste tema, mas também para aumentar a conscientização e a valorização desta forma de arte. Durante todo o ano, a World Photography Organisation acolhe um conjunto de eventos do setor e eventos públicos, incluindo: os Sony World Photography Awards, o maior concurso de fotografia do mundo e a exposição global associada; o World Photography Organisation Student Focus Programme, que inspira e trabalha com a futura geração de fotógrafos, a Photo Shanghai, a primeira feira de arte da zona Ásia-Pacífico dedicada à fotografia e a Photo San Francisco, a nova feira de arte internacional de fotografia contemporânea da América. Para mais informações, visite www.worldphoto.org

Sobre a Sony Corporation
A Sony Corporation é um fabricante líder de produtos de áudio, vídeo, jogos, comunicação, dispositivos essenciais e tecnologias da informação, para os consumidores e o mercado profissional. Graças às suas atividades no mundo da música, da imagem, do entretenimento por computador e online, a Sony está numa posição única para ser a empresa líder mundial no setor da eletrónica e do entretenimento. A Sony registou um volume de vendas anual consolidado de aproximadamente 68 mil milhões de dólares no ano fiscal que terminou a 31 de março de 2015. Website Global da Sony: http://www.sony.net/


Sobre a Somerset House

Parte integrante da cena cultural londrina, a Somerset House é um edifício histórico onde trabalhos artísticos surpreendentes e originais ganham vida. Desde a sua origem no séc. XVIII, a Somerset House tem sido um local de debate e discussão – uma potência intelectual para a nação. A Somerset House é, atualmente, um dos principais destinos culturais de Londres, onde se pode assistir a uma ampla variedade de atividades artísticas, interagir com artistas, designers e criadores, bem como fazer parte de um importante fórum criativo – um ambiente descontraído, acolhedor e inspirador para todos os visitantes e, simultaneamente, um espaço de trabalho estimulante para as indústrias cultural e criativa. Desde a sua inauguração em 2000, a Somerset House criou um programa público de atividades ao ar livre que inclui skate, concertos, uma temporada de cinema ao ar livre e uma variedade de exposições temporárias que ocorrem nos seus espaços, focadas na cultura contemporânea e que inclui um vasto programa educativo.

A Somerset House acolhe, neste momento, a maior comunidade de organizações criativas do centro de Londres, incluindo a The Courtauld Gallery e o The Courtauld Institute of Art, o King’s College London Cultural Institute e mais de 100 outros negócios criativos. Anualmente, a Somerset House atrai cerca de 2,5 milhões de visitantes. 

Ficheiros anexados

Documento do Word