Skip to main content

Martin Parr galardoado com o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia nos Sony World Photography Awards 2017

Comunicado de imprensa   •   Jan 17, 2017 00:01 WET

Martin Parr galardoado com o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia nos Sony World Photography Awards 2017

Trabalhos raramente vistos de Martin Parr serão exibidos na Somerset House, em Londres, de 21 de abril a 7 de maio de 2017, como parte da Exposição dos Sony World Photography Awards 2017

Imagens de Martin Parr e dos Sony World Photography Awards disponíveis em www.worldphoto.org/press

17 de janeiro de 2017: A World Photography Organisation anunciou hoje a atribuição do Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia ao fotógrafo documentalista britânico Martin Parr. O fotógrafo irá receber o seu prémio na cerimónia dos Sony World Photography Awards 2017 que terá lugar em Londres, no dia 20 de abril.

Para coincidir com os prémios, será realizada uma exposição na Somerset House, em Londres, de imagens a preto e branco raramente vistas do início da carreira de Parr, juntamente com os seus trabalhos, livros e filmes mais célebres. Como parte integrante da exposição dos Sony World Photography Awards 2017, os trabalhos de Martin Parr serão exibidos durante um período de tempo limitado, que decorrerá entre 21 de abril e 7 de maio de 2017. Além disso, o fotógrafo dará ainda uma palestra pública na London School of Economics and Political Sciences (LSE) no dia 21 de abril. Os bilhetes já se encontram disponíveis em https://www.worldphoto.org/2017exhibition

Com uma carreira de mais de 40 anos e focando-se, frequentemente, em temas como o lazer, o consumo e a comunicação, a visão do mundo única e ambígua de Martin Parr levou públicos de todo o mundo a encontrar drama no dia a dia. Ao gravar em detalhes minuciosos o mundo tal como o vê, a franca reflexão de Parr sobre as características nacionais e os fenómenos internacionais introduziu um novo tom na fotografia documental.

A sua dedicação ao meio e o constante desafio dos limites tornou a escolha de Martin Parr, por parte da World Photography Organisation, ainda mais fácil, apesar da recente afirmação do fotógrafo: "Se eu soubesse como tirar uma grande fotografia, parava de fotografar."

Scott Gray, CEO da World Photography Organisation afirma:
"O trabalho de Martin Parr transcende os limites tradicionais da fotografia e demonstra que o meio é uma ferramenta de comunicação extremamente poderosa. Enquanto artista, Parr criou uma linguagem visual única profundamente séria, contudo, o seu humor inerente garante que o seu trabalho seja compreendido quase globalmente.

Uma grande integridade e compromisso para com o meio da fotografia são o denominador comum de todos os galardoados anteriormente com o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia. E Martin Parr tem demonstrado de forma consistente, ao longo da sua carreira, possuir estas qualidades, sendo por isso que temos o prazer de lhe atribuir este prémio no 10.º aniversário dos Sony World Photography Awards."

Ao ser informado sobre o prémio, Martin Parr comentou o seguinte: "É uma grande honra receber o Prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia, sobretudo tendo em conta as pessoas que o receberam anteriormente, como William Klein e William Eggleston. É também muito tranquilizante ver que a World Photography Organisation e a Sony continuam a apoiar todos os aspetos da fotografia contemporânea através desta exposição e atribuição de prémios."

Entre os já galardoados com o prémio de Extraordinária Contribuição para a Fotografia encontram-se Mary Ellen Mark, Eve Arnold, Bruce Davidson e Elliott Erwitt.

Nascido em Epsom, Surrey, em 1952, Martin Parr foi inspirado a tirar fotografias pelo seu avô durante a adolescência. O seu trabalho inicial destaca-se pelas imagens a preto e branco e a sua transição para um uso acentuado da fotografia a cores, nos anos 80, pelo qual se tornou célebre, foi impulsionada por fotógrafos como Stephan Shore, William Eggleston, Peter Fraser e Joel Meyerowitz.

Forçando o espetador a olhar novamente para o familiar e o seu íntimo, Martin Parr viu-se frequentemente a par com acusações de que estaria a ridicularizar aqueles que fotograva. O seu livro de fotografia The Last Resort (1985) é amplamente reconhecido como inovador, tendo-o tornado numa inspiração para as gerações de jovens fotógrafos. Além disso, é um prolífico colecionador de livros de fotografia e escreveu inúmeras obras ele próprio.

Parr é membro da Magnum Photos desde 1988 e, em 2014, foi eleito Presidente da Magnum Photos International.

Exposição Sony World Photography Awards 2017 e Exposição Martin Parr

Com curadoria de Zelda Cheatle, serão dedicadas três salas da prestigiada Somerset House, em Londres, às fotografias, aos livros e aos filmes de Martin Parr, como parte integrante da Exposição dos Sony World Photography Awards 2017.

A Exposição começará por apresentar uma seleção de imagens raramente vistas da série Abandoned Morris Minors de Parr, captada na costa oeste da Irlanda entre 1980 e 1983. Serão ainda exibidos os posters originais da sua primeira exposição. Além disso, serão apresentadas algumas das melhores imagens de Parr, focadas no turismo global.

A curadora Zelda Cheatle afirmou o seguinte a respeito da seleção dos trabalhos apresentados na exposição: "A maioria das pessoas reconhece o "estilo de flash à luz do dia" de Martin Parr, a sua capacidade de captar, particularmente, os ingleses no trabalho, nos períodos de descanso e de lazer - a monotonia e o quotidiano - e de transfigurá-lo numa mistura de observação irónica e ironia social.

Conhecendo o trabalho de Martin Parr desde o início da sua carreira, interessou-me a ideia de dar a conhecer as suas imagens a preto e branco mais suaves (praticamente desconhecidas) da costa oeste da Irlanda. Estas fotografias de Morris Minors abandonados revelam um verdadeiro afeto pela paisagem da Irlanda. Não existe qualquer tipo de escárnio aqui - existe, decididamente, algum humor característico (ouso dizê-lo) - e alguma poesia também.

A abordagem de Martin sobre o gigantesco setor do turismo pareceu-me ser o complemento perfeito do seu trabalho de início de carreira. O turismo é um mal necessário - e sustenta a economia de muitos países - mas ameaça também autodestruir-se ao estilo de um ouroboros. Estes dois lados de Parr, que valorizo bastante, não são vistos juntos com muita frequência - estes aspetos do seu trabalho podem não ser conhecidos tão bem mas deveriam ser mais reconhecidos.”

Os Sony World Photography Awards são a maior competição de fotografia do mundo. Os finalistas dos prémios de 2017 serão revelados no dia 28 de fevereiro.

Para quaisquer questões relacionadas com a imprensa, contacte o Departamento de Imprensa, World Photography Organisation

+ 44 (0) 20 7886 3043 ou 3049 / press@worldphoto.org


NOTAS AOS EDITORES

Sobre a World Photography Organisation

A World Photography Organisation é uma plataforma global para iniciativas na área da fotografia. Com presença em mais de 180 países, pretendemos aumentar o nível de diálogo em torno deste tema, através da celebração das melhores fotografias e dos melhores fotógrafos do planeta. Orgulhamo-nos de estabelecer relações duradouras quer com fotógrafos individuais, quer com os nossos parceiros líderes da indústria fotográfica a nível mundial. Durante todo o ano, acolhemos um conjunto de eventos, incluindo: os Sony World Photography Awards (o maior concurso de fotografia do mundo, que celebra o seu 10.º aniversário em 2017), diversas reuniões/encontros locais ao longo do ano e PHOTOFAIRS, feiras de arte internacionais dedicadas à fotografia, que se realizam em Xangai e São Francisco.

Sobre a Sony Corporation

A Sony Corporation é um fabricante líder de produtos de áudio, vídeo, imagem, jogos, comunicação, dispositivos essenciais e tecnologias da informação, para os consumidores e o mercado profissional. Graças às suas atividades no mundo da música, da imagem, do entretenimento por computador e online, a Sony está numa posição única para ser a empresa líder mundial no setor da eletrónica e do entretenimento. A Sony registou um volume de vendas anual consolidado de aproximadamente 72 mil milhões de dólares no ano fiscal terminado a 31 de março de 2016. Website Global da Sony: http://www.sony.net/

Ficheiros anexados

Documento do Word